11 março, 2011

O governo quer obrigar-me a mentir. O que fazer?

O jornal i avisa:  Censos "escondem" falsos recibos verdes


O governo acha que, como nos mente todos os dias, pode continuar a mentir-nos obrigando-nos a responder mentiras. No fim dos Censos, contabilizam um número ridículo de trabalhadores a recibo verde e congratular-se-ão, ao mesmo tempo que, aposto, irão desvalorizar manifestações como a de amanhã - em que afinal vou participar.

Espectacular.

Explicando melhor:
(...) na opção "qual o modo como exerce a profissão indicada" consta a seguinte consideração que deverá ser levada em conta pelo inquiridor dos Censos: "Se trabalha a recibos verdes mas tem um local de trabalho fixo dentro de uma empresa, subordinação hierárquica efectiva e um horário de trabalho definido, deve assinalar a opção trabalhador por conta de outrem." Estas características são as de um trabalhador que devia ter um vínculo permanente, ou seja, um falso recibo verde, acusou a deputada Rita Rato.

É esconder completamente e impedir que se saiba a realidade dos falsos recibos verdes. Quando saírem os resultados dos censos vai dizer-se que existem x trabalhadores por conta de outrem, quando o que sabemos, à partida, é que neste miolo estarão milhares de falsos recibos verdes identificados como trabalhadores por conta de outrem", criticou a deputada comunista. "É um escândalo estatístico que se queira manipular os dados que escondem e impedem que se saiba a realidade dos falsos recibos verdes", acrescentou. 


Queiram perdoar, mas não quero seguir o exemplo que vem de cima e mentir.

Se eu acrescentar uma opção chamada "falso recibo verde", o meu Censo fica anulado? É que é isso mesmo que vou fazer até encontrar outra solução. Revoltante...

5 comentários:

Cirrus disse...

Ainda não tinha visto essa opção. A verdade é que ainda não olhei com atenção para os impressos.
Mas isso revela, mais uma vez, uma tentativa de influir na opinião pública, de dar força àqueles que nos dizem agora que manifestações e greves não resolvem nada. Uma treta, é o que este país dá mostras de se estar a tornar de vez.

Marta Costa disse...

é preciso uma lata...

Pronúncia disse...

E não é a única armadilha.
Do pouquinho que li parece-me que aquilo é um campo minado...

Cirrus disse...

Parece que alguém se vai Pronunciar sobre os censos. Aguardemos.

Anónimo disse...

a quem de interesse:

Census versus Constituição
http://so-me-apetece-cobrir.blogspot.com/2011/03/census-2011-versus-constituicao-da.html


aprendi umas coisinhas interessantes.

luna tic