16 fevereiro, 2009

O país está doente. Chamem a 3ª idade!

Portugal tem falta de médicos.
As médias de medicina em Portugal são estupidamente altas.
Como tal, há montes de portugueses a ir para Espanha, onde as médias são mais acessíveis.
Portugal, como tem falta de médicos, vai depois buscar bastantes a Espanha.

Qual é a solução para este problema? Não, não estou a insultar as vossas mentes com um problema tão fácil. Vá, digam lá qual é a solução...




R: É ir buscar os médicos na reforma que tenham até 70 anos! Brilhante!!!!!!!!
Ahahaha! Por esta não esperava eu. Viva a ministra! Viva Portugal!
...

10 comentários:

Luna Tic disse...

Já nem sei que diga. Mas olha, estou sem médica de família há 6 meses e não consigo a porcaria de um atestado sem ter de acampar no posto médico com três dias de antecedência. Para um atestado não me importava de ser atendida por alguém assim com esses anos todos. Agora para renovar a vacina do tétano... já tenho as minhas dúvidas... :x

R. disse...

ainda no outro dia estava a falar precisamente disto com uma amiga minha! e na 6ª tive d ir ao centro de saúde por causa de uma gripe e ironicamente fui atendida por um médico espanhol... pois claro. ele não tem culpa nenhuma e fui mto bem atendida mas não se percebe é a lógica deste sistema...

elcrisan disse...

É esquisito. Então mas não há estudantes portugueses a ir pa espanha estudar medicina? E depois são médicos espanhóis que nos atendem... Pera lá... Será que esses médicos são os nossos antigos estudantes portugueses que foram pa lá e agr ficaram com o sintoma "como-se-diz-em-português" tipo imigrante q vai dois anos pos EUA e já não se lembra da língua que falou 30 anos?... Hum...

João Bispo disse...

Só um reparo: médias muito altas podem fazer com que se formem menos médicos que queriam ser médicos (tenho uma média alta, pressão dos paizinhos, vamos lá fazer o curso), mas não implica que se formem menos médicos. As vagas disponíveis não enchem todos os anos?

Btw, é o que dá comentares no Rumble, trazes para o teu blog pessoal implicador =)

Sara non c'e disse...

Olá João! Tentei responder no teu blog mas fiquei um bocadinho confusa :P Concordo contigo em relação às medias! Tenho um amigo que nasceu para a medicina e andou 3 anos seguidos a tentar entrar por décimas! E se as vagas enchem todos os anos, que tal abrir mais vagas? Parece-me muito melhor do que ir buscar espanhóis ou ir buscar reformados :P

Quanto ao Rumble, foi um devaneio, eu não pertenço ao mundo dos videojogos, mas não me importo de trazer cá pessoas. Elas percebem sozinhas que isto também é aborrecido para elas :P

João Bispo disse...

"Tentei responder no teu blog mas fiquei um bocadinho confusa :P"

É normal, há já muitos anos que não uso o blogspot. Vai antes aqui:

suikatime.blogs.sapo.pt


"E se as vagas enchem todos os anos, que tal abrir mais vagas?"

Pois, não sei como é que estas coisas funcionam. Será que os cursos estão na sua capacidade máxima? Ou será que estão todos a ir para as "medicinas" que fazem menos falta?

Sara non c'e disse...

Por norma, só vai para clínica geral quem não consegue ir para melhor... é um facto :P mas eu acredito que abrir mais vagas em medicina/baixar as médias se isso não chegasse ia diminuir este exagero de falta de médicos. E podiamos deixar cá os miudos que são obrigados a ir para Espanha para cumprir um sonho ;)

João Bispo disse...

Isto agora não tem nada a ver com os médicos, mas vou fazer de mau e dizer que se toda a gente seguir o seu sonho, ficamos com um país em que a maior parte da população são cantores, actores ou modelos.

Isto dos sonhos é um assunto complicado. XP

Sara non c'e disse...

Mas ó João, a questão é que o país precisa efectivamente de médicos :P

João Bispo disse...

Ó Sara, mas eu disse que já não estava a falar sobre os médicos, mas sobre os sonhos. X)