06 março, 2014

Entretanto, em Ermesinde

Vou ser a única bloguer a ignorar as manifestações policiais para falar de coisas muito mais sérias: como tem sido passar DUAS semanas em Ermesinde, em casa da mamã.

Desde 2009, quando deixei o lar para ir viver para Lisboa, que não passava cá tanto tempo. Enquanto o novo projecto não começa, decidi vir passar uns dias à terra, estar com os amigos, comer, estar com a família, comer, ver as vistas e ir comer a sítios novos.

A minha mãe até tem estado com bom feitio e ainda não nos chateamos nenhuma vez. Esta semana até me pediu um conselho:

- Não sei o que lhe hei-de lhe oferecer no aniversário, confidencia-me.
A filha jornalista tem uma ideia: - Ele gosta de ler jornais, porque não lhe ofereces uma assinatura de um jornal ou revista?
- Estás maluca? Isso vai para o lixo, e além disso pode ler as notícias na net!...


Hoje foi a minha vez de lhe ir pedir um conselho. Seis meses de Erasmus em Roma deram-me muitas alegrias, mas também muito peso a mais. Hoje descubro aqui em casa algumas calças desses tempos e pergunto à minha mãe se as devo mandar apertar. A resposta não demorou:

- Para quê, de certeza que vais engordar outra vez!

Sem comentários: