14 dezembro, 2009

Quem? O quê? Como?

Ao ler o título do Correio da Manhã fiquei muito confusa, e espero que alguém me ajude a esclarecer isto:

"Itália: Após comício em Milão marcado por tensão e insultos
Deficiente mental agride Berlusconi"



1º: Alguém que consiga chegar às trombas do Berlusconi e agredi-lo pode ser tudo, menos deficiente mental. É, sem sombra de dúvida, alguém com um intelecto acima da média, aliado a uma esperteza de rato para conseguir furar através dos habituais capangas que rodeiam o político italiano.
Cuidado Correio da Manhã, que com insultos destes ainda te arriscas a levar também uma traulitada nos dentes, muito merecida, pois claro.

2º: Posto isto, das duas uma: ou foi Berlusconi que agrediu um transeunte, ou o transeunte foi agredido pelo deficiente mental do Berlusconi.

Ficarei, de momento, a reflectir na minha dúvida.

6 comentários:

Pronúncia disse...

Eu li isso mas no rodapé do telejornal da hora do almoço... e comentei isso mesmo:
"Se é não parece nada... fez aquilo que muito boa gente anda com vontade de fazer!"

Já imaginaste se a moda pega?! Quem seria o "saco de boxer" preferido dos tugas?!... ehehehehe (é mesmo para imaginares o meu risinho à sacana)

Sara non c'e disse...

Humm, não é difícil de imaginar a quem gostarias de partir uns dentes. Para o ano já não era escolhido o sexy platina!

Pronúncia disse...

Sara, eu sei que não parece, mas olha que eu sou pacífica... nunca faria tal coisa, o que não significa que não tenha muitas vezes vontade de o fazer!
ehehehehehe

Sara non c'e disse...

Eu também não. As pessoas podem não perceber por causa da ironia, mas com este post não me estou a assumir como apologista deste tipo de actos... Se bem que há um ou outro que.....

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Cá para mim, foi mas é uma encomenda...

Sara non c'e disse...

Ainda não tinha pensado nisso, Carlos...