04 agosto, 2010

O amor, 62 anos depois. Sim, é possível!

Danielle Lurie é uma realizadora desconhecida que estava a viajar de avião para Washington. No avião conheceu Jack, um velhote de 81 anos (viúvo há dois), que parecia algo nervoso. Nada de mal. Afinal de contas estava prestes a rever a sua namorada do liceu, Betty, que já não via há 62 anos.

Ela – também viúva – e ele tinham voltado a falar há poucos meses através da internet. E voltaram a apaixonar-se. A realizadora ia a caminho de mostrar o seu último documentário quando se deparou com esta curiosa história e decidiu filmar a viagem até ao momento em que o casal se volta a reunir.


O momento foi gravado, o vídeo tem 5 minutos e pode ser visto aqui. Vejam, que vale a pena :)

4 comentários:

Cirrus disse...

Porra, que desassossego! Mais valia estarem quietos!

;)

Caso para dizer que quem nasce torto tarde ou nunca se endireita...

Sara non c'e disse...

Eu achei lindo! Aos 81... o homem todo nervoso no avião e eu já estava a ficar nervosa também :)

Cirrus disse...

Lindo é... Mas é desassossego a mais para 81...

johnny disse...

Muito fixe, sim senhora.
Apesar das idades, um encontro é sempre um encontro.