15 março, 2010

Ontem

Um dia como já não tinha há muito tempo.

Feira do Chocolate de Óbidos: obviamente o fim do mundo em cuecas. O segredo está em ir a meio da manhã e cagar para as assustadoras filas da bilheteira (obrigada Manel!), há muito que ver e provar na vila sem se entrar propriamente para o recinto. Uma hora de espera na fila (no mínimo) debaixo de um sol abrasador para mim não compensam a ida às esculturas... a minha cena é mesmo comer! E cá vai a lista do que comi em 3 horas:

-Trufa de caipirinha
-Marshmallow coberto com chocolate quente
-ginginha em copo de chocolate
-Nata com chocolate em vez do habitual creme
-um chupa-chupa de chocolate

Meus amigos... Podia fazer disto vida todos os dias. Só não comi mais porque achei que já tinha gasto o suficiente, e nunca porque "ah e tal, já comi demasiado chocolate". O chocolate, obviamente, é sempre de menos.

Seguiu-se um passeio com o mais que tudo pela Foz do Arelho e um solzinho maravilhoso. Uma pena ver o areal da Foz do Arelho consideravelmente diminuído. Por favor alguém que faça alguma coisa para preservar aquela praia...

O dia não podia ter terminado de melhor maneira. CONCERTAÇO de Yo La Tengo. Daqueles concertos que deixam um sorriso na cara da pessoa desde o último acorde até à hora de deitar (confirma-se, o sorriso ainda cá está!)

Foi o meu primeiro concerto em Lisboa sem ser num festival ou a ver uma banda tributo e primeiro concerto na Aula Magna. Nunca tinha ficado tão bem localizada num concerto... 2ª fila nas Doutorais, mesmo no meio, ali a 2 metros da banda! Venham mais prendas de Natal destas pf <3
Para que o 1º concerto fosse memorável, os Yo La Tengo devem ter captado as ondas do meu pensamento e tocaram basicamente tudo o que eu queria ouvir... We are an American Band foi magistral, linda, perfeita! The Story of Yo La Tango idem. Um obrigada muito especial ao rapaz que estava ao meu lado que, à pergunta do vocalista/guitarrista/tudo sobre o que gostaríamos de ouvir, respondeu prontamente Our Way to Fall.  
I'm On My Way, You Can Have It All, passando pela esquizofrenia de False Alarm, houve desde pop a post rock com distorções de guitarra brutais. 3 músicos do mais versátil que pode haver. Só me faltou a I Heard You Looking... Talvez num próximo concerto porque, sim, eu já estou à espera que voltem... Já estou com saudades de uma noite como a de ontem.

Ira Kaplan, depois de tanto ter gabado as nossas cadeiras, decidiu vir tocar uma música para a cadeira em frente a mim :)




Um grande concerto. Um grande dia. Daqueles que nos deixam belas memórias. São estes que interessam e eu já não os tinha há muito tempo...

2 comentários:

Pat disse...

E a parte em que te agarraste ao senhor que se sentou à tua frente e lhe imploraste que te desse um repenicado beijo!? Isso não contas tu velhaca!!!






=)


-->

Sara non c'e disse...

LOL Pat, não digas isso pq senão o jovem que me deu o bilhete como prenda de Natal é capaz de ficar um bocadinho chateado :P Não pedi mas devia ter-lhe feito muitas vénias. Que músico incrivel...

Obrigada pela companhia :)*