17 novembro, 2009

This post is uma bela treta

Odeio profundamente pessoas que, a meio de uma intervenção qualquer que estejam a ter, se põem a dizer palavras noutra língua. É que é irritante! E isto em Relações Internacionais parece que dá estilo. "Ah e tal, que as nações, sobre este problema, passaram a ter mais awareness. Isto originou que ficasse estipulado na charter of the united nations  uma convenção, e o Security Council (...)".
Esta frase só é fictícia porque não me lembro das originais, onde os estrangeirismos não eram nomes de organizações internacionais, mas palavras completamente comuns!. Isto sem falar de um senhor que veio dar uma conferência e do nada se punha a dizer frases em inglês e palavras soltas em francês a meio do seu discurso.

Sim, já sabemos que vocês são muito internacionais e sabem muito de línguas, mas e que tal quando estão a falar para os vossos colegas ou alunos falarem em português como gente normal? Não sabem dizer awareness em português? Sabem que United Nations tem tradução cá em Portugal? Não? Depois não digam que eu nunca vos ensinei nothing...

3 comentários:

Cirrus disse...

Ah grande Sara, é assim mesmo. Isso não passa de vaidade bacoca!

teiasonhos disse...

Querida Sara, isso é mesmo coisa de português, eheh.
Também detesto. Isso e os prefixos "Dra." e afins.
Sou alérgica a tudo isso.

Beijinho.

Pronúncia disse...

Sara, tu dá-lhes que eles merecem... se precisares de ajuda já sabes, podes recrutar-me!

Cambada de snobs! ;)