08 abril, 2009

E ó Durão, vai para o c... comissão?!

Surgiu-me uma dúvida. E, como tal, vim para aqui disparatar, a ver se alguém me ajuda a perceber isto.


Porque é que o Durão Barroso ainda existe politicamente?


Mais: como é possível que o cherne ainda seja presidente da Comissão Europeia?

Primeiro, uma pequena contextualização para os mais distraídos: Vai haver eleições para a Comissão Europeia. Barroso é o candidato do Partido Popular Europeu, enquanto que o Partido Socialista Europeu vai a eleições ainda sem candidato oficial.

Durão Barroso é português. Eu não queria, mas temos mesmo uma coisa em comum, não há nada a fazer. E como ele é tuga, José Sócrates já veio dizer que "é muito importante para o nosso país que ele faça um novo mandato. Fez um bom mandato nestes quatro anos e nós queremos muito que ele continue". Percebe-se. Qualquer político que queira ser reeleito não pode dizer "Neste jogo da champions, eu torço pelo Manchester United porque sou benfiquista" (embora devido à percentagem de benfiquistas do país esse político até fosse eleito). Mas a etiqueta dita que isso não ficava nada bem.

Apesar deste apoio oficial do PS, há algumas vozes dissonantes, como - surpresa! - Manuel Alegre, que relembra alguns podres do nosso Zé Manel (até o nome é bem nacional, um ponto para o Durão).

Mas porquê este dever compatriota só porque ele é português?

Portugal teve algum benefício por ter um dos seus cidadãos como presidente da Comissão Europeia? Não creio.
Não creio também que tenhamos obtido algum proveito sequer por tê-lo tido como Primeiro-Ministro aqui no nosso cantinho. No máximo ganhamos má fama por termos sido anfitriões da Cimeira da vergonha que deu origem à guerra do Iraque. E não sei se vale a pena relembrar também o amor que o Zé Manel tem pelo seu país, que mal surgiu a oportunidade (à qual ele tanto se fez) esqueceu-se do compromisso que tinha com Portugal e foi logo todo contente para a Europa sem terminar o mandato que assumiu aqui.

Falta a pièce de resistance: o Zé Manel fez um site todo catita! E cheio de idiomas, para que todos percebam! Inglês, francês, alemão, espanhol, polaco, italiano, port.... Ahhhh, não não, a sua língua materna não está contemplada! Mas compreende-se, o português é só a sexta ou sétima língua mais falada no mundo... Aposto que ele até queria, mas não conseguiu arranjar nenhum tradutor para colocar os conteúdos do site em português.

E agora devemos apoiar este cromo só porque ele partilha connosco o mesmo país no bilhete de identidade? Valha-me dEUS.

Ah, voltando às perguntas iniciais: Porque é que Durão Barroso ainda existe politicamente?
Os seus companheiros da Cimeira das Lajes (Bush, Blair e Aznar) já se foram. O bajulador Bushiano anda agora a apertar a mão ao Obama... Caramba, Zé Sócras, poupa lá o dissabor ao outro Zé, e não apoies a candidatura dele. Olha que ganhavas mais votos se desta vez fosses sincero e dissesses que nem gostas de peixe, por mais nacional que ele seja.

2 comentários:

elsadossantos disse...

epah, só tenho a dizer q este post é mta grande pa eu lerss! :S

já dizia o meu prof de portugues: "n divague tanto.. é uma pena.." LOL

ironia do destino! agora gosto pouco de divagar... tou mais ligada aos numbaros! :S

Sara non c'e disse...

Obrigada! Vou tentar melhorarss e escreverss menos :P
Mas no fundo é isto: O Durão Barroso é cocó.